Rubens Jardim

A poesia é uma necessidade concreta de todo ser humano.

Meu Diário
12/06/2019 13h21
fiquei bestificado com a dimensão dessa árvore --e horrorizado com o que fizeram com ela.

A sumaúma é uma das maiores árvores da flora mundial. Pode atingir 60 a 70 metros de altura e seu tronco pode ter 30 metros de diâmetro. Esta que foi cortada por madeireiras na Reserva Indígena Matsés, era considerada uma das mais antigas do mundo. A sumaúma é conhecida como "árvore da vida" e "escada do céu" pelos povos indígenas. 
O líder da tribo Tahuactep da tribo Matsés, declarou:
"É o espírito Mãe da floresta tropical, desta árvore espiritual veio a força vital de todas as coisas vivas. Eles destruíram Aotlcp-Awak, eles trouxeram a escuridão não só ao nosso povo, mas o mundo inteiro"


Publicado por Rubens Jardim em 12/06/2019 às 13h21
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
08/06/2019 15h47
AS MULHERES POETAS...TRAÇAM A HISTÓRIA DA POESIA FEMININA NO BRASIL

AS MULHERES POETAS...ESTÃO À ESPERA DE UM EDITOR – Esses três livros virtuais estão disponíveis na plataforma ISSUU. Qualquer pessoa interessada pode ir até lá e acessar, gratuitamente, essas coletâneas. Elas são uma história da poesia brasileira escrita por mulheres. Basta dizer que, no primeiro volume, estão contempladas poetas do século 18 (Angela do Amaral Gurgel, Barbara Heliodora,Beatriz Brandão, Maria Josefa Barreto, Delfina da Cunha), passando por aquelas nascidas no século 19 (Nísia Floresta,Maria Firmina dos Reis,Narcisa Amália,Adelaide de Castro Alves Guimarães,Julia Lopes de Almeida,Francisca Julia, Auta de Souza,Colombina, Cora Coralina e Gilka Machado) e, em seguida as do século 20( Henriqueta Lisboa, Cecília Meireles, Adalgisa Nery, HELENA Kolody, Dora Ferreira da Silva,Maria José de Carvalho, Claire Feliz Regina, Hilda Hilst,Renata Pallottini,Adelia Prado,Astrid Cabral, Eunice Arruda, Orides Fontela –entre outros nomes).

Nos outros 2 livros digitais reuni nada mais, nada menos do que 280 poetas –todas nascidas também no século 20. Entre elas estão duas jovens--muito jovens mesmo—nascidas na virada do século e do milênio: Luiza Mildlej e Laura Navarro nasceram em 2000.

OBSERVAÇÃO: Cada poeta vem acompanhada de uma minibiografia e foto.  

No final de novembro de 2017, parei de publicar no meu blog, na linha do tempo do face e em espaços parceiros, a pesquisa que me ocupou--e encantou-- durante seis anos e meio: AS MULHERES POETAS...Imediatamente tive a ideia de transformar tudo aquilo em livrinhos digitais. O que foi feito no ano passado, após conseguir a data de nascimento das poetas, pois o critério adotado foi o cronológico. Pois bem: os livros foram disponibilizados gratuitamente na plataforma do ISSUU, desde 2018. Mas sempre que eu descubro alguma poeta batuta--e são tantas --acabo me envolvendo e fazendo inclusões.As últimas --espero--foram feitas dias atrás. Se eu conseguir passar incólume, essas coletâneas reúnem hoje 426 poetas.O volume 1 possui 160 páginas e 146 poetas. O vol. 2, 158 pág. e 142 poetas.O vol.3,154 pág. e 138 poetas. Meu desejo é despertar o interesse de alguma editora pra transformar essas coletâneas em livros impressos.


Publicado por Rubens Jardim em 08/06/2019 às 15h47
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
31/05/2019 16h44
EM SALAMANCA, ESSA LUCIÉRNAGA DE PIEDRA

ENCONTRO POÉTICO VIROU NOTÍCIA NO JORNAL MAIS ANTIGO DA ESPANHA

Como já registrou uma jovem poeta amiga, amar é sempre um tiro no escuro. Ou como asseverou Guimarães Rosa: o correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa. Essas imagens me vieram à cabeça logo após ter recebido um e-mail do poeta Alfredo Pérez Alencart, com quem tive um encontro --ou reencontro--na maravilhosa e inesquecível Salamanca. Nesses tempos duros e difíceis que estamos vivendo no Brasil, a mensagem afetuosa desse grande poeta, peruano-espanhol, encheu meu coração de júbilo e gratidão.Ele escreveu sobre esse nosso encontro no jornal El Norte de Castilla, es el más antiguo de España, con 170 años de funcionamiento. E ainda publicou as fotos que a querida Jacqueline Alencar, também escritora e tradutora, fez desses nossos momentos. Coloco o link para os amigos que estiverem interessados. https://salamancartvaldia.es/…/cita-bardo-con-rubens-jardim/


Publicado por Rubens Jardim em 31/05/2019 às 16h44
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
03/05/2019 11h51
NA PRAÇA MAYOR DE MADRI: LULALIVRE


Sempre indignados com a prisão política do presidente Lula, um golpe jurídico para deixá-lo de fora das eleições, levamos essa bela camiseta e fizemos algumas intervenções nessa viagem para Espanha. Nessas fotos a Ana está na Praça Mayor. Constatamos que Lula ainda desperta apoio e interesse dos espanhóis. E não só deles.Tivemos contatos com turistas de outros países e a reação era unânime: todos admiram e respeitam o presidente que acabou com a fome no Brasil e criou uma política externa independente.


Publicado por Rubens Jardim em 03/05/2019 às 11h51
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
02/05/2019 20h09
SOBRE A POLARIZAÇÃO E A ANTIPOLÍTICA

Não há politica sem conflito. Mas hoje não é a busca de entendimento que está na pauta e sim a lógica do muro: a construção de trincheiras regidas pela dialética amigo-inimigo.

Lendo El País de domingo, aquele que deu capa e pags 2 e 3 para a entrevista do Lula, me deparo com um artigo que aborda a questão da polarização e da antipolítica tão presente na vida das sociedades atuais. Esse artigo, assinado por Moisés Naím, dá destaque ao papel desempenhado pelas redes sociais como arma poderosa para encurralar suas presas. E fala das "feras comepolíticos" que conseguiram , no Brasil, derrubar a presidente Dilma Roussef,prender o presidente Lula e outros politicos, bem como empresários de grande destaque. E menciona Bolsonaro como um caso à parte, pois ele se beneficiou das redes sociais, embora pudesse ser uma espécie de próxima vítima. O autor destaca, também, o fato de na América Central em cada dois ex-presidentes, um está na cadeia. E agrega, para concluir: "segundo o diário mexicano El Universal, dos 42 presidentes que entre 1990 e 2018 governaram Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Costa Rica e Panamá, dezenove estiveram presos.Alguns ainda estão."


Publicado por Rubens Jardim em 02/05/2019 às 20h09
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 6 de 96 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras