Rubens Jardim

A poesia é uma necessidade concreta de todo ser humano.

Meu Diário
23/02/2018 13h32
LEMBRANÇAS DE LINDOLF BELL

Gostaria que os amigos fizessem download desse livrinho, feito em 2009, sobre a trajetória singular desse grande poeta que buscou, através da Catequese Poética, reaproximar o poeta do povo. Fiz esse livrinho, gratuito, para dar uma certa durabilidade a palestra realizada no Lugar Pantemporâneo, ocasião em que foi lançado mais um livro da coleção Melhores Poemas, dirigida por Edla Van Steen. Desta vez, o homenageado foi Lindolf Bell, poeta que se tornou celebridade nos anos 60, graças ao movimento que criou: a Catequese Poética. Para quem não sabe, a finalidade da Catequese Poética era levar a poesia ao conhecimento do grande público em lugares imprevisíveis como boates, clubes, escolas, praças, teatros, faculdades, sindicatos, livrarias, bares, etc. 

Segue o link:https://rl.art.br/arquivos/2631944.pdf


Publicado por Rubens Jardim em 23/02/2018 às 13h32
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
 
20/02/2018 01h05
A VIDA É UMA BUSCA INTERMINÁVEL

Sei lá o que acontece comigo, mas desde a primeira vez que viajei pela Europa --e foram 35 dias e mais de 10 mil km---sinto que a minha casa são as catedrais, as abadias, as basílicas.
Embora nunca tenha sido um católico praticante, ouvi aqui os silêncios que tapam a boca de Deus.E isso foi um tapa na minha cara e na minha alma.Suspeito que essa situação de estrangeiro/exilado é que abriu essa perspectiva na minha alma.E como procuro desmontar preconceitos, aceito encantado e arrepiado os desígnios cifrados do Senhor. (buscando poemas postados no face, encontrei esse texto escrito na Europa, em 2015. Achei bonito e divido com os amigos)


Publicado por Rubens Jardim em 20/02/2018 às 01h05
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
17/02/2018 20h07
EM BREVE, O PRIMEIRO LIVRO DIGITAL ESTARÁ DISPONÍVEL.

SERÁ GRATUÍTO E VOCÊ PODERÁ LER NO NOTEBOOK, TABLETS,ETC

Queridas e queridos: sempre sonhei em realizar um trabalho digno e competente na esfera da poesia. Consegui realizar algo parecido com isso nos anos 60, através da Catequese Poética. Mais adiante fiz um gol de placa: a publicação de Jorge,80 Anos e a comemoração do Ano Jorge de Lima, em 1973. Com esse trabalho --e graças ao apoio recebido de grandes figuras da nossa poesia--revertemos o quadro de esquecimento do poeta e conseguimos colocá-lo,de novo, em destaque e evidência. Editoras republicaram suas obras e Jorge de Lima foi, em 1975, samba-enredo da Mangueira. Esse tipo de conquista me gratifica muito mais do que todas as inacreditáveis alegrias que a minha própria poesia já me proporcionou --e ainda me proporciona. Mais recentemente acabei me envolvendo com questão similar: o esquecimento, talvez proposital, da contribuição cultural da mulher em vários campos do saber e das artes. E foi por aí, desabafando e protestando, que dei o pontapé inicial nessa mobilização em torno das mulheres poetas. Hoje, graças a continuidade desse trabalho e ao interesse que ele vem despertando , fico cada vez mais convencido de uma coisa: não vou conseguir parar com essa garimpagem. E ela tem sido uma das principais razões das minhas alegrias. Agradeço, portanto, a todas as mulheres poetas que me enfeitiçaram com seus poemas. E aviso: a transformação da série virtual AS MULHERES POETAS em três livrinhos digitais está em andamento rápido. O primeiro volume, com 152 páginas, reúne 139 poetas em 139 páginas com fotos coloridas, minibio e poemas de cada uma.Este 1º livrinho já foi concluído e estou à espera de uma apresentação que vai encher de alegria a alma de todos nós envolvidos nesse projeto.Assim que receber esse presentaço, aviso vocês. Por enquanto, recebam um baita abraço e a minha gratidão por terem proporcionado tantos momentos de maravilhamento nesses 6 anos de grande proximidade com os poemas criados por vocês.


Publicado por Rubens Jardim em 17/02/2018 às 20h07
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
15/02/2018 13h57
ESTE ANO PUBLICAREI POEMAS INÉDITOS

Uma coisa puxa a outra que puxa outra que puxa outra. ..e foi assim, trabalhando pesado na transformação da série AS MULHERES POETAS em livrinhos digitais --o primeiro já ficou pronto e estou aguardando apresentação -- que surgiu a ideia de fazer uma plaquete só com meus poemas inéditos. A capa já tá feita. Resta, agora, correr atrás dos poemas espalhados pela casa, pelos sites e saraus. Mas pretendo dar conta disso até meados deste ano. Claro que depois de concluir aquele que reputo ser um dos mais importantes trabalhos que já fiz nesse envolvimento com a palavra poética: AS MULHERES POETAS


Publicado por Rubens Jardim em 15/02/2018 às 13h57
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
12/02/2018 18h44
DESFILE DA PARAÍSO DO TUIUTI É DE PROTESTO

Tuiuti mostra passado escravista e vincula manifestações de patos, panelas e camisetas da CBF àquele extrato da classe média que funciona como uma espécie de capataz da elite do dinheiro. É essa parte da classe média que se acha e quer validar seu privilégio como inato ou merecido. Jessé Souza fala disso com enorme propriedade e clareza."É a socialização familiar diferenciada que a capacita para o sucesso escolar e, depois, para o sucesso no mercado de trabalho...Ela tem o salário e o prestígio correspondente de quem realiza no dia a dia a dominação social, econômica e política em nome da elite do dinheiro...Advogados, economistas, publicitários, artistas, administradores, contadores, e assim por diante são, em sua esmagadora maioria, especialistas desse capital cultural valorizado que caracteriza a classe média..."


Publicado por Rubens Jardim em 12/02/2018 às 18h44
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 16 de 69 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras