Rubens Jardim

A poesia é uma necessidade concreta de todo ser humano.

Meu Diário
27/10/2009 11h06
POESIA VISUAL NO PARQUE LAGE DO RIO DE JANEIRO
A exposição OBRANOME II, dedicada ao poeta e artista gráfico Wlademir Dias-Pino, aconteceu durante a I Bienal Internacional de Poesia de Brasília, nos magníficos espaços do Museu da República, na Esplanada dos Ministérios em Brasília. Uma nova versão da mostra, com a curadoria de Wagner Barja, esteve aberta ao público -- de  25 de setembro até 25 de outubro -- nos salões do centro cultural do Parque Lage, no bairro Jardim Botânico, no Rio. Obras 51 artistas com trabalhos que apontam diferentes linguagens e caminhos no processo de criação da obra de arte foram expostas. E já se sabe que, no ano que vem, a cidade de Goiânia vai receber a mesma exposição. Os preparativos estão em andamento. Mais ainda: sabe-se que o Museu da Língua Portuguesa, de São Paulo, deve receber a mesma mostra também no próximo ano. Outras cidades do Brasil estão na agenda de programação das exibições de OBRANOME II.
A importância de OBRANOME II está no fato de que ela apresenta uma pitada de historicidade e uma explosão de atualidade no contexto da poesia visual contemporânea. Da caneta e papel à inclusão das novas tecnologias, a palavra escrita integra a essência criativa de todos os trabalhos. Imersas em outras linguagens ou transmutadas em estilhaços de linguagem, elas, as palavras, deixam resquícios e marcas de sua existência. OBRANOME II  resgata a idéia do poema-objeto e instiga várias possibilidades de comunicação entre a obra e o público. São artistas que apostaram em outros significados para utilização das palavras, abandonando a sintaxe convencional.
Participam da mostra Alexandre Vogler; Adolfo Montejo; Alberto Saraiva; AL-Chaer; Alex Hamburger; Alexandre Rangel; Alvaro de Sá; Anna Braga; André Santangelo; André Ventorim; André Valias; Anna Bella Geiger; Antonio Miranda; Armando Queiroz; Arnaldo Antunes; Augusto de Campos, Bene Fonteles; Cesar Oiticica Filho; Cirilo Quartim; Domingos Guimaraens; Elyeser Szturm; Evandro Salles; Felipe Barbosa; Fernando Madeira; Gentileza Gê Orthof; Grupo Entreaberto ;  Guga Ferraz; Helio Oiticica; Juan Alcón; Julio Plaza; Kenny Neoob; Luis Alphonsus; Luis Andrade; Luiz Ernesto; Marcelo Sahea; Marcia X; Marcos Chaves; Miguel Ferreira; Milton Marques; Nadam Guerra; Nanche Las-Casas; Neide Sá; Neuton Chagas; Omar Salomão; Paulo Bruscky; Resa; Ricardo Basbaum; Ricardo Ventura; Roberta Imbiriba; Robson Corrêa de Araújo; Rodrigo Paglieri; Roland de Campos; Ronald Duarte; Rosana Ricalde; Rubens Jardim; Samaral; Silvio Zamboni; Suely Farhi; Tina Velho; Waltercio Caldas; Waly Salomão e Xico Chaves  
  

Veja o documentário audiovisual sobre o evento.
http://www.youtube.com/watch?v=fRxQE5jDQvc

E no link abaixo, a vídeo instalação de Luiz Oliviéri e Adriana Cascaes e o mural de Rubens Jardim (Herrar é Umano) em homenagem ao poeta Paulo Leminski.

http://www.youtube.com/watch?v=f_YGPucDpGU


Publicado por Rubens Jardim em 27/10/2009 às 11h06
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras