Rubens Jardim

A poesia é uma necessidade concreta de todo ser humano.

Meu Diário
01/01/2018 17h42
PASSAGEM DO ANO

Drummond já dizia que 
O último dia do ano
Não é o ultimo dia do tempo.
Mas como celebrar
em solidão, essas alegrias
coletivas.Como não se sentir 
prestes a cair num precipício
Como não ouvir
O clamor da voz e seu eco.
Como ficar blindado aos 
brindes que a memória
Insiste em presentificar?
Nem sei se mereço 
Viver mais este ano.
O que sinto é que não há 
Recurso contra a morte.

E eu ainda estou vivo .


(saindo do forno agora, nos estertores desse ano muito desanimador pra todos que sentem repulsa ao golpe e a este governo ilegítimo que está demolindo nosso país. Mas a lua continua cheia e a luta prossgue).


Publicado por Rubens Jardim em 01/01/2018 às 17h42
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras