Rubens Jardim

A poesia é uma necessidade concreta de todo ser humano.

Textos


1
Olho para minha casa
na Vila Itambé
e não enxergo mais
seus cômodos
na distância.

A fachada é outra
a  varanda desapareceu.
Não há mais quintal
nem quarto de badulaques.

E a escada de madeira
com certeza não estará mais lá
guardando os passos
familiares

A casa está fechada para mim.

E não adianta bater palmas.

É preciso tocar a campainha

Mas ninguém virá abrir a porta.

2
Existem casas que ficam
e casas que desaparecem.
Quartos que resistem
e quintais que perduram.

Lição da Vila
também é lição
de vida.

Rubens Jardim
Enviado por Rubens Jardim em 11/11/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras