Rubens Jardim

A poesia é uma necessidade concreta de todo ser humano.

Textos

As coisas. Que tristes são as coisas consideradas sem ênfase.”
Carlos Drummond de Andrade

Sem ênfase
As coisas permanecem
Sendo coisas.
O avião não levanta vôo
E o gesto não sai do corpo
Se não houver ênfase.
É a ênfase que arruma
A louça na cristaleira
E o lenço bordado na gaveta.
Sem ênfase
Ninguém salva as flores
Do mal. Nem as Cinzas
Das Horas.
Rubens Jardim
Enviado por Rubens Jardim em 02/08/2011
Alterado em 09/04/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras