Rubens Jardim

A poesia é uma necessidade concreta de todo ser humano.

Meu Diário
08/03/2019 14h05
POEMA DESENTRANHADO DE UM TEXTO DE MARILENA CHAUI

A hora da poesia master do mestre das poesias. Que se constitua num mote para que nos unamos contra essa vergonha a que assistimos. Saiamos das trevas desse pior medo e avancemos contra esse ultraje (est)ético que nos assola. Parabéns, Rubens Jardim!!!

Complemeno com H. Faria: “Ideia feliz, o poeta inaugura o não dito e reconstrói o já dito. Conseguiu uma façanha: transformar a brilhante e pétrea lógica de Marilena em um belo poema. Estamos aí para encantar o , voar sem sair do lugar, ttransmutar o improvável, a dureza das feições e fazer a pedra romper para restaurar o seu coração de água. Ajayu!” (POSTADO NO FACEBOOK PELO AMIGO GILBERTO ALMANSUR)

POEMA DESENTRANHADO DE UM TEXTO DE MARILENA CHAUI*
De que se tem medo?
Da morte, da cólera de Deus,
da manha do Diabo,
da crueldade do tirano
da multidão enfurecida.
Temos medo dos cataclismos, 
da peste, da fome 
e do fim do mundo.
Temos medo do grito
e do silêncio
do vazio e do infinito
Da adversidade e da repressão.
Temos medo do efêmero 
e do definitivo.
Do para sempre
e do nunca mais.
Temos medo da culpa
e do castigo.Do perigo
e da covardia.
Temos medo do esquecimento
E de jamais poder deslembrar
Temos medo da insônia 
e de não mais despertar.
Temos medo do ódio
da cólera e também
da resignação sem
esperança.
Temos medo da dor
sem fim.Da desonra.
Temos medo de Auschwitz
e do Juqueri.
Temos medo da censura
Da traição. Da tortura
e da delação.
O medo é a mais triste
das paixões tristes:
caminho da servidão

*em Os Sentidos Paixão, livro publicado em 1987 com a participação de vários nomes importantes da cultura brasileira.


Publicado por Rubens Jardim em 08/03/2019 às 14h05
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras